• barbarapinto624

A nova série dos criadores de Sherlock, e porque isso pode ser assustador da maneira errada

Recentemente foi anunciado em nosso Instagram, que a Amazon Prime planeja lançar uma nova série com a mesma produtora de Sherlock e Drácula, a Hartswood Films, o que pode ser incrível, tendo em vista que eles fizeram Sherlock, porém Drácula não pode ser esquecido.

A série “The Devil’s Hour”, será um suspense com elementos de terror, algo que eu amo, diga-se de passagem, e contará a história de Lucy Chambers, uma mulher que acorda todas as noites exatamente às 3h33, popularmente conhecida como a hora do diabo, seu filho de apenas oito anos é um menino retraído e sem emoções, sua mãe fala com cadeiras vazias e sua casa é assombrada pelos ecos de uma outra vida. Quando seu nome inexplicavelmente fica conectado a uma série de assassinatos brutais, Chambers terá as respostas que procurava ao longo dos anos.

A produção começará ainda este ano, e será escrita por Tom Moran e Johnny Allan, que também estará na direção da série, que aparentemente contará com seis episódios. Steven Moffat e Sue Vertue serão produtores da série.

Steven esteve por trás dos roteiros de Sherlock, Drácula e alguns episódios de Doctor Who, apesar de não estar sendo o roteirista desta vez, ele ainda tem voz na produção, o que pode tornar a série algo tão bom quanto Sherlock, que apesar de cair um pouco a qualidade ao longo do tempo, é uma das melhores adaptações da obra de Doyle para as telinhas.

Porém ainda temos Drácula, a série da Netflix com três episódios foi uma ótima adaptação do livro de Bram Stoker, mas quando resolveram trazer o vampiro para a atualidade, algo muito bem feito com Sherlock, foi uma completa decepção, o personagem foi completamente mal utilizado, desculpas medíocres para a forma como drácula simplesmente entende todo o mundo moderno, mesmo depois de passar centenas de anos adormecido, a narrativa é pobre e mal utilizada, como uma paródia ruim.

Freak nessa ambientação gótica

Algo que poderia ser muito bem utilizado num mundo moderno sem medo de mitos, é completamente inútil aqui, apesar do ator fazer sua parte criando um personagem muito bem interpretado e carismático, o roteiro trata quem está assistindo como idiota. Além das atuações, tem uma fotografia e uma trilha sonora maravilhosa, então recomendo que assistam os dois primeiros episódios e no lugar do terceiro assistam “Cidade Invisível", aquilo sim é uma boa adaptação de mitos em tempos atuais.

O fato de Steven abster-se de escrever, ficando apenas na produção, me dá esperanças, pode realmente ser um ótimo suspense, quando sair irei assistir e dizer minha opinião como amante de terror, suspense e coisas britânicas.


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O Portal Freaks! é um canal de comunicação feito por jornalistas e colaboradores geeks.

Nosso trabalho é manter fãs e entusiastas de filmes, séries, livros, tecnologia e histórias em quadrinhos informados com notícias e críticas sérias, relevantes e aprofundadas.

CATEGORIAS!

REDES FREAKS!