• Ana Carolina

CLICKBAIT – Review altamente spoilerzada! (Episódio por episódio, uns mais coisas, outros menos)


Clickbait
Minissérie contém oito episódios e está na Netflix

Fala Freaks! Vamos fazer um panorama de episódio a episódio hoje. Clickbait é uma minissérie de 8 episódios que está disponível na Dona Netflix. Nick Brewer foi sequestrado e está sendo acusado de estupro. Quando o vídeo do seu sequestro atingir 5 milhões de visualizações, ele morrerá.


No “A irmã”: esse episódio eu fiz review sobre em outro local, achei top demais, pois Pia deveria investigar o sumiço de Nick. Zoe Kazan está muito bem nesse papel. É um bom piloto. Vale a pena e por ele a gente se anima a querer mais. Diferentemente de muita série que tem piloto ruim.


No “O investigador”: eu achei bem parado esse episódio, achei o ator bem fraco. Ele enfrenta resistência entre seus colegas, mas segue ajudando Pia. No entanto foi o pior pra mim. Mas claro que você pode ter uma visão diferente. E tá tudo bem.


No “A esposa”: seguimos para conhecer mais sobre outro personagem importante na trama. Temos um foco em Sophie e ela recebe notícias tensas, como se tudo já não estive difícil o bastante. A gente torce por Sophie, para descobrir toda a verdade de uma vez por todas. Mas ela seria tão inocente? Essa série deixa a gente bem perdido. Bom, pelo menos eu fiquei.


No “A amante”: aí conhecemos um outro Nick. Um cara que tem uma amante. Ok, mas Nick? Um cara tão bom. Emma Beesly chega chegando, pairando a dúvida sobre a vida de Nick. Ele teria ou não uma vida secreta?


No “O repórter”: passei raiva nesse episódio, pois a imprensa abusa bastante e já temos noção disso. Mas aqui o repórter ultrapassa limites éticos para uma matéria. Aqui temos um ponto importante sobre ética jornalística e até onde os repórteres acabam indo para cobrir um furo de reportagem. Eu acho extremamente importante refletir sobre, mesmo que o cara seja um babaca e a gente passe raiva.


No “O irmão”: retrata sobre o irmão de Sarah, um moderador de conteúdo que analisa 10.000 imagens por dia. Sarah se suicidou quando teve desentendimento com Nick – pois é, um garanhão que fazia perfis fakes e saía com diversas mulheres. Por fim temos a resposta que esperávamos! Mas fiquei com uma baita dúvida quando Nick começa a falar com o irmão em cena de flashback. Nesse momento a gente fica: mas será que já sabemos? Faltam dois episódios!

No “O filho”: eu pensei que o filho tivesse algo a ver, e depois que o “amigo” era o culpado de algo. Depois descobri que era uma garota. E tem todo um suspense, nesse momento eu fiquei: mas será que já sabemos? Falta um episódio inteiro! Eu fiquei pensando apenas que poderia ser bem mais curta, pois apesar de uma minissérie, 8 episódios longos demais, mesmo com todo suspense eu me cansei. E daí descobrimos o que queremos e como a Pia foi besta! E eu só consigo pensar: meu Deus, o que vai rolar no último episódio? Vai ter continuação?


Eu tinha tido uma visão sobre busca de views, consequência dos tempos sombrios da era da Internet, mídia social e afins. No fim, temos comportamentos e atitudes inadequados, obviamente quem sequestra, quem mata e quem usa sim a internet para fins duvidosos. Desde o irmão que modera conteúdo, sabemos o quão ampla é a internet – tal qual sua Deep Web. E os jogos sinistros que há por trás, em quem confiar, em quem você vai querer ter por perto.


No “A resposta”: eu fiquei chocada com o Kai encontrando uma pessoa. Seria essa pessoa? No fim não era nada do que pensei no episódio anterior. Nesse episódio temos um monte de Nick e o que rolou. Definitivamente temos toda a história – finalmente.


Eu particularmente achei muito interessante o foco dos personagens. Estava totalmente na vibe de maratonar, mas fui ver outras coisas. E perdi a vontade. Eu tinha parado na metade. De toda forma é uma minissérie curta, com 8 episódios da dona Netflix e é de boa pra maratonar mesmo com episódios longos. Eu que me cansei mesmo, o que eu acho ruim é essa loucura de maratonar tudo, se a gente não maratona, fica atrasado não só nas reviews, mas conversas. Fora que pega spoiler. Essa cobrança de, veja só, da mídia!


Definitivamente eu não pesquei em nenhum episódio que as pessoas comentaram quem era a pessoa. Ou sou muito lerda, ou são muito espertos. E confesso que assim valeu esperar pelos 8 episódios. Não é uma minissérie que vou rever, porque o suspense e o mistério já era. E aqui eu trouxe episódio por episódio, uns mais outros menos, mas não dou a resposta que você veio buscar não. Para isso você deverá assistir e me contar sua opinião sobre a série, quando descobriu tudo, se foi The Flash ou uma tartaruga como eu – na verdade eu não suspeitei nem descobri nada, eu só vi a resposta mesmo no final e me surpreendi real.

5 visualizações0 comentário
  • Facebook
  • Instagram