• Ana Luiza Moreira

Duna: obra é grandiosa demais para apenas dois filmes (SEM Spoilers)


Duna
Filme é contemplativo e tem estética impecável

E então eu fui assistir Duna, uma das experiências cinematográficas mais interessantes que já tive, devo confessar. O filme é grande, tem um elenco espetacular e definitivamente conta com uma direção única, muito singular.


Aqui nós acompanhamos Paul Atreides, um jovem brilhante e que supostamente é dono de um destino além de sua compreensão. Por ser de uma das grandes famílias do Império, ele tem que viajar para o planeta mais perigoso do universo para garantir o futuro de seu povo, e o mais importante, de sua família.

Por ter como base um conteúdo extremamente rico em detalhes, eu devo admitir que esperava mais: um desenvolvimento maior para Lady Jessica, para o Duque Leto e até mesmo em relação ao Duncan - o maravilhoso Jason Momoa. Acontece que o mundo e sua política são muito bem explorados, mas senti falta da conexão entre os personagens, de mais camadas para todos eles.


O que tenho medo é que isso também aconteça no segundo filme- e estou torcendo para que tenhamos mais um- principalmente em relação a Zendaya, que já aparece muito pouco no primeiro longa, mas parece ser uma das personagens mais importantes para a jornada do nosso herói.

Acho que o ideal seria a criação de uma série de Duna e eu sei que nós já tivemos, mas imagina como seria se a Warner disponibilizasse dinheiro para isso, assim como os atores e o diretor, seria fantástico! Assim nós poderíamos ter muito mais das intrigas políticas, das Bene Gesserit, que são uma força social, religiosa e política chave neste universo e até mais sobre a especiaria apresentada no filme.


Duna
Infelizmente não senti toda a força e presença de Lady Jessica

Eu senti que faltou um pouco de tudo isso sabe? Parece que este é um filme com tanto potencial e que está tão perto de chegar na perfeição, que por não chegar lá me frustra...

Bom, como meu compromisso é falar sobre Duna sem muitos spoilers, devo dizer que as atuações são majestosas, os efeitos especiais de deixar os olhos brilhando e a ambientação é linda, muito imersiva. Mas falta algo aqui, um pouco mais de emoção e de contexto, o que tornaria este Duna um filme clássico e indispensável.

Definitivamente vou ler o livro e torcer por um próximo filme, pois acredito em Duna e te convido a mergulhar neste universo também.

3 visualizações0 comentário
  • Facebook
  • Instagram