• Ana Luiza Moreira

Freaks Indica: Raised by Wolves começa trajetória com três episódios envolventes


Raised by Wolves é a nova série do streaming HBO Max

Foram lançados na quinta-feira, dia 3, os primeiros episódios da primeira temporada de Raised by Wolves, série original da HBO Max, que conta a história de dois androides que são encarregados de tomar conta de crianças humanas em um misterioso planeta pouco povoado. Como o futuro da humanidade passa a ser ameaçado por diferenças religiosas, os robôs aprendem que controlar as crenças dos homens é uma tarefa muito difícil.

Neste texto vou trazer uma pequena crítica e, consequentemente indicação (porque sim, a série é muito boa), mas farei isso sem dar muitos spoilers.


A série começa mostrando um novo tipo de estética, parece antiga e futurística ao mesmo tempo, exemplificando o fim da humanidade como conhecemos. A qualidade da produção é notável, principalmente ao se saber que os dois primeiros episódios são dirigidos pelo Ridley Scott, que também é produtor da série, e está por trás de filmes como: Alien, Blade Runner, Prometheus, Gladiador e Perdido em Marte.

A narrativa é uma representação seriada de amor de mãe, que mostra exatamente até onde essa mãe androide iria para proteger e manter seus filhos próximos dela e isso nos leva a tentar entender: quais são as extensões dos poderes dos androides? Eles tem sentimentos ou não? Pensam por si próprios? São os "bons" ou os "malvados" da narrativa?


No primeiro episódio vemos o nascimento e o crescimento desses seis bebês citados na sinopse e como isso acontece através de uma mulher androide?! É maluco, divertido e estranhamente humano. As atuações então são maravilhosas, e nesse sentido me lembram muito o que fizeram com Westworld, com bons atores que literalmente pareciam máquinas.

E é bem isso, ao meu ver, a história se assemelha muito com a primeira temporada de Westworld e tem uma pitada de Perdidos no Espaço, com cenários grandiosos, criaturas estranhas, representações simétricas e tudo mais.


Até o final do terceiro episódio somos provocados a tentar entender qual foi o final da humanidade, que aparentemente foi dividida em religiões extremistas e temos também muitos outros questionamentos que prometem fazer desta primeira temporada uma ótima história, e isso é muito bom!

Por fim, preciso dizer que com certeza toda certeza essa será uma daquelas séries de explodir cabeças e de se fazer muitas teorias, vale conferir. Veja o trailer:




2 visualizações