• victorneres1993

Gibiate: Um anime tão ruim quanto a pandemia

Olá, Freaks! Tudo bem com vocês? Hoje, a análise será sobre o anime Gibiate. Espero que gostem do texto.

É tão difícil seguir essa linha de animação? O uso de CGI foi desnecessário


A obra tem uma pegada pós-apocalíptica e se passa no futuro, mais precisamente em 2030. O mundo foi tomado por um vírus chamado "Gibia" os infectados se transformam em monstros chamados de Gibier. Por milagre, um samurai e um ninja viajantes do tempo da era Edo aparece para lutar contra estas criaturas, ajudando a proteger um cientista a descobrir a cura deste vírus.

A ideia de fazer um anime sobre pandemia em um momento de pandemia que estamos vivendo parece um ótimo projeto, mas este é um daqueles famosos casos de "a ideia é boa, mas foi mal executado" (fala dos jurados do Masterchef).

A experiência não é de todo mal... A abertura e o encerramento são muito bons, mas não são o suficiente para salvar a série. O maior desastre de tudo é o 3D / CGI.

Os designs dos protagonistas são bons, mas os Gibiers (criaturas) foram desenhados de uma maneira bizarra e como eles aparecem a todo momento, isso acaba diminuindo a vontade de assistir. São elementos constantes na série, o mínimo que deveria ser feito era ter caprichado nestes monstrinhos.

O enredo também não ajuda muito... Ele começa bem interessante, mas conforme caminha para o fim, perde todo o sentido e os nós sem pontas começam a aparecer. Efim, o anime se mostrou ser um show de horrores, literalmente.

Quer saber mais sobre Gibiate? Confira uma análise mais detalhada sobre a obra neste vídeo:

Já assistiu Gibiate? Se você já assistiu me diga o que achou nos comentários. Até a próxima!!!

2 visualizações0 comentário
  • Facebook
  • Instagram