• Ana Luiza Moreira

Indicação Freak! Motivos para assistir Avatar: A Lenda de Aang


Os irmãos Sokka e Katara descobrem a salvação do mundo, o Avatar Aang

Depois de muito tempo, resolvi revisitar um dos desenhos mais legais dos anos 2000, Avatar: A Lenda de Aang. A animação conta a história dos irmãos Katara e Sokka, que acordam o jovem Aang de uma longa hibernação e descobrem que ele é o Avatar, com poderes que podem derrotar a Nação do Fogo e, assim, acabar com uma guerra que dura mais de 100 anos. Para minha surpresa, o desenho envelheceu muito bem, sendo ótimo para quem deseja assistir por uma segunda vez ou para quem ainda não o viu, por isso, venho aqui dar cinco motivos para você colocar Avatar na sua lista da Netflix. Confira: Mitologia No desenho somos apresentados a essa fantástica lenda do Avatar, que é a manifestação corporal de um ser imortal, conhecido na cultura hindu como Ser Supremo. Na obra, o Avatar é uma entidade que domina todos os elementos: terra, ar, água e fogo, sendo responsável pelo equilíbrio do mundo e suas nações, estas, que também tem pessoas que podem dominar os elementos. A animação ainda conta com muitas menções da cultura da Ásia, como o rico mundo espiritual, o culto aos sábios animais e as tradições sobre respeito e hierarquia.

Para expandir ainda mais a mitologia, nós temos além de um filme (esse que a gente finge que não existe) e algumas HQs, o desenho Avatar: A Lenda de Korra, que conta a história da jovem dominadora de água, que deixa tudo de lado para se tornar a próxima Avatar, sucedendo Aang.

Evolução dos Personagens Acredito que além de Aang, que vai aprendendo a dominar os elementos e a levar a sério o seu posto de Avatar, os dois personagens as evoluções mais louváveis são o Zuko e a Katara.

Sobre Katara, ela começa como uma jovem que entende pouco sobre os seus poderes e que não se deixa evoluir para permanecer na segurança de seu lar, no entanto, quando finalmente conhece mundo, a garota compreende a importância da água como um elemento de leveza, mutação, liberdade e cura, desta forma, começa a domina-la majestosamente, fazendo o que pode para ajudar seus amigos. Sincera, engraçada e positiva, a garota é o coração do grupo e vê o lado bom das pessoas, mesmo assim, com o passar do tempo, Katara vai amadurecendo e entendendo em quem pode confiar ou não.


"O senhor não me derruba" - Katara lutando contra um mestre que não quer ensina-la a dominar por ser mulher

Quanto a Zuko, temos nele um belo arco de redenção, o príncipe se via obrigado a performar raiva e desprezo por tudo o que não fosse do agrado do pai, mas podia se expressar com mãe, que desapareceu e o deixou sozinho. O jovem Zuko teve que esconder sua sensibilidade e bondade para sobreviver na Nação do Fogo e quando mostrou compaixão, foi machucado e exilado. Zuko então corre atrás de sua honra perdida e decide capturar o Avatar, entendendo que sua compaixão deve ser engolida por toda a raiva que sente, já que é disso que precisa para ser "aceito". Mas aos poucos, e ao ser caçado por sua própria nação, Zuko começa a ouvir Iroh, seu tio querido que mostra a ele que força não tem relação com crueldade.


Tio Iroh usa seus ensinamentos e amor para ensinar a Zuko sobre família

Queria discorrer mais sobre a trajetória dele, mas acho que é melhor assistir do que simplesmente saber dos detalhes, no entanto deixo declarado aqui: Zuko é um dos melhores personagens da obra.

Mensagem Positiva O desenho tem muitas mensagens ótimas, mas a principal delas é a importância do equilíbrio. O Avatar foi criado justamente para que o mundo vivesse em perfeita harmonia, e no desenho, até mesmo divindades como a Lua influenciam nos poderes de seus opostos (como no caso da Nação do Fogo). A natureza é outro elemento representativo na animação, na verdade, tenho notado que ela está em discussão em grande parte dos filmes/séries que retratam nações orientais. A necessidade de preservar o meio ambiente é vista em Avatar através da inquietação dos espíritos, dos templos vazios e das florestas que estão completamente tomadas pela destruição. Mesmo assim, ainda há esperança, pois a natureza se adapta, cria novas formas de existir e nos permite viver. A igualdade também é posta em pauta nas questões de diversidade e gênero. Somos apresentados a personagens de várias idades, raças, gêneros e convicções, mas o que Aang sempre nos mostra é que o essencial é resolver as diferenças, ter empatia pela situação dos outros e respeitar a vida. Todos podemos nos redimir pelos nossos atos e sermos bons uns com os outros. Humor O texto, as expressões e os personagens (especialmente Sokka). Avatar tem uma leveza admirável, principalmente por ser uma obra que trata de assuntos sérios e mostra consequências reais para os atos de seus personagens, mas ao mesmo tempo dá um tempo de tela para o Momo comendo carvão e tossindo por causa do péssimo sabor. A série é muito engraçada e inteligente, algumas piadas podem ser pegas apenas por pessoas mais velhas e outras vão fazer as crianças gargalharem, em ambos os casos, o humor é de bom tom, sempre bem trabalhado e funciona na história, dando continuidade a trama e construindo o desenvolvimento dos personagens. O roteiro da animação é muito bom e permite que os desenvolvedores explorem situações um pouco absurdas, que vão desde a compra de quinquilharias por Iroh, Momo e Appa brigando com espadas samurais e até mesmo Sokka tendo alucinações após tomar água de um cacto no deserto.


Para Adultos e Crianças Você quer refletir e criar teorias? Ótimo.


Quer assistir algo que te deixe mais descontraído e te faça rir? Melhor ainda. Avatar é o desenho perfeito para você nos dois casos. Como já mencionei, a questão do equilíbrio está presente na animação até mesmo nesse aspecto, sendo um ótimo programa para adultos, adolescentes e crianças. Caso tenha vontade de maratonar, pode até mesmo assistir em família e tenho certeza que cada uma das pessoas presentes vai tirar proveito das aventuras de Aang de uma forma diferente. A animação é recomendada para maiores de 10 anos, provavelmente por causa das lutas, da tirania da nação do fogo e de algumas criaturas, no entanto, é uma obra que eu assistiria com meus primos mais novos e, em um futuro distante, até mesmo com meus filhos, já que passa excelentes mensagens e explica de maneira simples coisas como amor, amizade, família e coragem. E aí Freaks foram convencidos?!


Vem aí a análise de todos os livros de Avatar- A Lenda de Korra, fiquem ligados.

6 visualizações0 comentário

O Portal Freaks! é um canal de comunicação feito por jornalistas e colaboradores geeks.

Nosso trabalho é manter fãs e entusiastas de filmes, séries, livros, tecnologia e histórias em quadrinhos informados com notícias e críticas sérias, relevantes e aprofundadas.

CATEGORIAS!

REDES FREAKS!