• Ana Luiza Moreira

Lições de Cidadania: obra estadunidense inspira e transmite informação


Lições de Cidadania
A cidadania precisa ser entendida, antes de ser exercida

Faz um tempo que Lições de Cidadania estava na minha lista da Netflix, mas após uma conversa interessante em família, na qual observei como pouco se sabe sobre o funcionamento de um país, senti que era o momento de ver esta série musical que tem a produção executiva da Michelle e do Barack Obama. Em Lições de Cidadania nós acompanhamos os conceitos básicos que fazem os Estados Unidos funcionar, desde impostos até os poderes políticos, mas a grande sacada aqui é que esses temas nos são apresentados através de clipes musicais de animação, que agregam mais dinamismo e representatividade para as explicações. Com as vozes de H.E.R, Adam Lambert, Lin-Manuel Miranda, Bebe Rhexa, Janelle Monáe e muitos outros artistas, nós somos levados a entender a importância do voto, de tentar mudar as coisas e de nos expressar. O projeto é fantástico e pode ensinar para cidadãos de qualquer idade que manifestações pacíficas, pesquisar seus candidatos antes de votar e até mesmo o incentivo de discussões sobre o assunto são coisas válidas, há esperança! É claro que para nós brasileiros algumas informações não são tão interessantes, afinal, estamos aprendendo sobre a história de outro país, mas mesmo assim, vale a pena assistir para ser cativado a entender a história da nossa própria nação: você sabe para que servem os três poderes? O que o Estado e a Federação podem fazer? Como funciona o processo de voto? Não é vergonhoso não saber, inclusive, é algo comum no Brasil. No entanto, mudar essa realidade é essencial e pode criar pessoas mais conscientes, votos com propósito, novos políticos, mais amor, igualdade, e quem sabe algum dia, um país modelo. Torço demais para que uma versão brasileira de Lições de Cidadania seja feita, mas enquanto isso não acontece, assistam a gringa que vale muito a pena. Muito importante: sejam o tipo de pessoa aberta ao diálogo, ao aprendizado, isso pode mudar tudo.

3 visualizações0 comentário
  • Facebook
  • Instagram