• Ana Luiza Moreira

Os Novos Mutantes: Atrasos, polêmicas e, enfim, o filme

Fala Freaks! Não, esse não é um delírio coletivo, Os Novos Mutantes saiu e eis aqui uma crítica bem honesta sobre o filme.

Pôster do filme Os Novos Mutantes
Pôster do filme Os Novos Mutantes

Com sua primeira data de estreia marcada para 13 de abril de 2018, o último filme dos mutantes da Fox foi adiado para fevereiro de 2019, em seguida para agosto de 2019 e estava programado para 2 de abril de 2020, até o coronavírus chegar, o que o fez ele ser lançado apenas em 28 de agosto de 2020.


Cheio de atraso e problemas na produção, por conta da compra da Fox pela Disney, rumores de refilmagem e até mesmo sobre um possível cancelamento do filme, já era de se esperar que o longa não tivesse o seu melhor desempenho, e de fato muitos problemas vieram com seu lançamento.


Primeiro surgiu a polêmica sobre o racismo do diretor Josh Boone, que em entrevista ao site Gizmodo, falou sobre a escalação do brasileiro Henry Zaga para interpretar o personagem Roberto da Costa (Mancha Solar) que nos quadrinhos é um adolescente preto. Sobre o assunto, o diretor foi no mínimo insensível e sim, muito racista.


Diretor Josh Boone faz declaração racista sobre personagem de Os Novos Mutantes
Confira a tradução livre da fala:

“Eu não me importei com o racismo que ouvi falar sobre o Brasil, sobre uma pele branca contra uma pele preta. Para mim, o que eu queria era representar o Brasil de uma forma positiva e queria encontrar alguém que se parecesse com um cara que nasceu em berço de ouro, que tivesse um pai muito rico e [Henry] exemplifica todas essas coisas”, falou durante a entrevista.


Além disso, após estrear nos cinemas, o co-criador da obra, Bob McLeod, foi até seu Facebook mostrar insatisfação com um erro de digitação em seu nome nos créditos do filme. “Então, basicamente Josh Boone apagou tudo com o qual eu contribui com o jeito que os personagens se pareciam. E agora, finalmente, o filme saiu, e aparentemente eles creditaram alguém chamado Bob Macleod como co-criador. Nem podiam se dar ao trabalho de verificar a ortografia do meu nome nos últimos três anos”.


Veja a publicação original e sua tradução automática:



O Filme


Sim, eu assisti ao filme, mesmo com a avaliação de 32% da crítica e de 53% do público no Rotten Tomatoes, e devo dizer que realmente não é um filme bom, mas não o é pior que já vi na vida e assistir a ele com baixas expectativas certamente ajudou muito.


Em breve resumo, o filme conta a história de cinco jovens mutantes que descobrem o alcance de seus poderes e lidam com traumas do passado. Isso, enquanto são mantidos presos contra a vontade em uma instituição controlada pela Doutora Cecilia Reyes.


Elenco do filme Os Novos Mutantes
Elenco do filme Os Novos Mutantes

Sem dar muitos spoilers, achei interessante os toques de enfoque que o filme dá nas câmeras, mostrando que os adolescentes estão sempre sendo observados, dando uma boa atmosfera ao longa. Fora isso, gostei também das partes nas quais os mutantes estão juntos e se divertem como verdadeiros adolescentes, nesses momentos, o filme fica muito mais interessante e prende a atenção do espectador.


Outro ponto positivo são as atuações, os atores são todos muito bons e dão o seu melhor com o roteiro que tem, que aí, infelizmente já não é dos melhores. A construção da narrativa é meio infantil, sendo que alguns personagens como a Illyana Rasputina, mais conhecida como Magik, são construídos superficialmente e acabam sendo irritantes, quando a intenção não era essa. Até mesmo o romance entre Dani (Miragem) e Rahne (Lupina) é mal desenvolvido e parece jogado no filme.


Com efeitos visuais medianos e uma trilha sonora boa, mas que prometia muito mais, o filme tinha muito potencial e chegou bem longe de ser assustador ou de atingir seu objetivo. Falta mais terror, mais desenvolvimento de personagens e personalidade.


Única cena mais ou menos de terror de Os Novos Mutantes
Única cena mais ou menos de terror de Os Novos Mutantes

Tem algumas partes de Novos Mutantes que são legais, mas, e digo isso porque li no Rotten e me identifiquei muito com a sensação, o filme poderia ser reduzido para uma hora e seria um piloto interessante de série (uma que eu acompanharia mesmo).


Por fim, se algo bom saiu do filme é que me deu vontade de ler os quadrinhos, que dizem ser milhões de vezes melhor. Então, minha dica é: Não vá apenas pela opinião dos outros, assista o filme! Ele pode ser bem melhor do que as pessoas estão te dizendo, mas para aproveitar a experiência, é preciso que você mantenha suas expectativas baixas.

30 visualizações0 comentário
  • Facebook
  • Instagram