• Augusto César

Resenha: HQ Sweet Tooth - Saindo da Mata


HQ
Título: Sweet Tooth - Saindo da Mata/ Autor: Jeff Lemire

Tempos atrás, toda a humanidade foi castigada por um terrível incêndio em uma floresta seca, no qual bilhões de pessoas perderam suas vidas. As únicas crianças que nasceram depois desse trágico acontecimento são híbridas: uma nova espécie, que mistura traços de humanos e animais.


Gus, um garoto extremamente sensível, é uma dessas crianças. Sofrendo constantes ameaças de caçadores que estão atrás de recompensas por sua vida, Gus acaba sendo surpreendido por um repentino ataque em sua casa. Porém, o garoto acaba conseguindo ser ser salvo por um misterioso homem chamado Jepperd, que promete levar o jovem até a mítica Reserva, um paraíso para crianças híbridas. Gus irá finalmente encontrar um lar seguro? Jepperd realmente tem boas intenções? Os caçadores que o perseguem terão outra oportunidade de ceifar a vida do garoto?


Sweet Tooth
Editora: Panini Comics/ Gênero: ficção científica / aventura

“Sweet Tooth - Saindo da Mata" foi publicada originalmente pela DC Comics através do seu selo Vertigo, tendo 40 edições ao todo. No Brasil, a HQ foi publicada pela Panini Comics, que optou por fazer um apanhado da obra em 6 edições. Aproveitando o embalo da série live - action dirigida por ninguém menos que Robert Dowley Jr, que teve sua estreia recente no catálogo da Netflix, deixo por aqui a recomendação da HQ que serviu de base para mais essa muito bem executada adaptação do serviço de streaming. Só leiam!

16 visualizações0 comentário
  • Facebook
  • Instagram