• Mateus S. Santos

Review com Spoilers – Liga da Justiça Snyder’s Cut

Depois de muito tempo, o tão aguardado Liga da Justiça Snyder Cut chegou para nós fãs, e a gente aqui da Freaks! correu mais rápido que o Flash para assistir e trazer nossa opinião sobre o filme! Já avisando que temos alguns spoilers a frente!

Valeu a pena esperar Brasil!


Se pedissem para resumir este filme em uma única palavra seria espetacular. Todo mundo já deve ter ouvido que quem espera sempre alcança e para os fãs que estavam ávidos pela verdadeira visão de Zack Snyder para Liga da Justiça a espera realmente trouxe um bom fruto. Para começar temos a duração do filme que de começo pode assustar: 4 horas de filme não é para qualquer um, porém, são quatro horas que valem ser assistidas. No novo longa Snyder faz totalmente oposto do que Joss Whedon fez, temos uma continuação direta e verdadeira de Batman vs. Superman, sentimos o peso dos acontecimentos do filme anterior desde o primeiro minuto, um mundo que não está só sem seu principal protetor, mas também que agora tem que lidar com um inimigo verdadeiramente ameaçador e que fará de tudo para cumprir seus objetivos. Enquanto que Joss Whedon fez uso da fórmula Marvel e apostou em humor e cores vivas, todo o filme de Snyder tem aquele ar meio cinzento, quase como se o filme tivesse mesmo sido feito em preto e branco.

Além disso, o diretor soube trazer algo que os fãs pediram muito para esse novo longa, a seriedade e personagens tão próximos com as HQs que chegam a assustar em alguns momentos. A violência diferente da outra versão, existe e é muito bem aproveitada, com cenas de ação de tirar o fôlego, principalmente as que acompanham Diana, a Mulher Maravilha que não só ganhou mais cenas vibrantes como cenas cheia de sangue e cabeças rolando literalmente (Lobo da Estepe mandou um abraço). Inclusive falando em Diana, nas mãos de Snyder temos as verdadeiras amazonas mostrando o que as grandes guerreiras de Themyscera podem fazer quando precisam proteger seu lar. Apesar de alguns momentos o CGI não facilitar muito para os lados delas, temos cenas mirabolantes e que nós fazendo vibrar a cada segundo.


Ah Joss... Eu só tenho que te perguntar: Por quê cagaste na história desse homem?


As reformulações foram a melhor coisa para diversos personagens, mas o que mais chama atenção é o Ciborgue, vivido pelo ator Ray Fisher que envolveu em diversos problemas com o diretor Joss Whedon, entendemos todo o contexto da história de Victor Stone e todo o peso de se tornar o Ciborgue, graças a Snyder o personagem não só evoluiu como também trouxe uma camada mais profunda em sua história fazendo dele o ponto central de todo o filme.

Diversos personagens se tornaram mais profundos, mais reais e com passados e motivações que nos fazem criar verdadeiramente um vínculo. Aquaman está mais sério e entendemos seu ódio pelos Atlantes, Flash apesar de continuar com um humor fraco e meio sem graça, tem cenas de tirar o fôlego principalmente nos momentos que usa a força de aceleração. Até mesmo Lois Lane que no primeiro filme tem sua participação jogada, nesse, temos toda a trajetória de sua depressão a consumindo até o momento em que Clark volta.


Superman está igual o canarinho pistola da copa de 2018: Poucas ideias mano!


E o que falar do Superman? O personagem que teve uma mudança drástica e o que mais os fãs pediram: O uniforme negro, e o com ele temos toda a carga de um Superman mais violento, sério e que ataca primeiro e depois pergunta, sensacional. Os personagens novos são a cereja do bolo apesar do minúsculo tempo de tela, queremos ver mais do Caçador de Marte, principalmente quando ele se juntar a liga e teremos Hal Jordan em um filme da Liga? Só o tempo e a força do #restorethesnyderverse terá para cima da Warner que diz que as portas se fecham mesmo no filme de Snyder.

Mas não é só de coisas boas que temos do Snyder Cut, como dito antes: são quatros horas de filme que não é para qualquer um. O filme em dado momento, principalmente o começo, cansa rapidamente por conta dos extensos diálogos e pouca ação e é quando mais sentimos que o longa tem quatro horas. A própria seriedade que é tão característica dos longas da DC em dado momento cansa e sinceramente (não me crucifiquem) senti falta de uma ou duas cenas para amenizar um pouco as sequências pesadas do longa. Um conselho que em pouco tempo que o filme está na Internet, mas já está sendo difundido e que voltamos a reiterar é: Assista com calma, o próprio filme foi dividido em partes para facilitar ser assistido então se for pegar para maratonar se prepare.

Tirando isso, são poucas as coisas que poderiam fazer o filme perder seu posto de um ótimo filme que é. Snyder prometeu e cumpriu trazendo um filme de emocionar os fãs e trazendo um longa grandioso e digno de ser lembrado como o verdadeiro Liga da Justiça. Vale muito muito muito a pena assistir!

Obrigado Warner por trazer esse filme maravilhoso para terras tupiniquins!


Nota: 9,5 de 10

22 visualizações0 comentário
  • Facebook
  • Instagram