• Ana Luiza Moreira

Segunda temporada de Hilda: review e teorias (COM Spoilers)


Hilda- 2ª Temporada
Esperando ansiosamente pela terceira temporada de Hilda

Com mais 13 episódios, a segunda temporada de Hilda veio para aprofundar relacionamentos entre os personagens e enriquecer ainda mais a mitologia apresentada na série, que em seu segundo ano, tem grande foco na comunidade dos trolls e a convivência deles com humanos. Apesar de seguir uma narrativa que costuma ser linear, gosto especialmente dos episódios mais soltos, como A Bruxa, que é focado em Frida, Hilda e Kaisa, mostrando para as duas garotas mais novas como é o mundo das bruxas. Devo admitir que este é um dos episódios mais tensos e que tive medo da bibliotecária ficar para trás, por fim, tudo dá certo e Frida vira aprendiz de bruxa, tem como ser mais perfeito?!


Hilda- 2ª temporada
Kaisa é a cara da Ravena desenhada pelo Picolo, também acham?

Tem ainda o episódio em que vemos o David se aventurando com os Vikings em busca de coragem, quando na verdade, todos os percalços pelos quais passou foram suficientes para fazer com que ele crescesse e deixasse de temer tudo a sua volta, mas também entendesse que o medo algumas vezes é bom. Amo como a cena do campo de batalha acontece enquanto ouvimos um tipo de música que me lembra muito Roupa Nova. Quanto ao Ahlberg, o grande vilão desta temporada, adoro que o desenho passa para nós a impressão dele ser apenas mais um homem ignorante e em busca de poder. Ele não é extremamente inteligente e os planos de Hilda e seu grupo são eficazes contra sua mente pequena, contra uma pessoa que não respeita a natureza, os espíritos e nem mesmo os outros humanos. Momento de surto: Existe algo mais bonito do que o encontro entre Túlio e as outras corças raposas? (Meu coração se apertou demais com esse episódio) Por fim, a relação de Hilda com a mãe é abalada após todas as aventuras que a menina passou e acabou escondendo. É triste porque Johanna sempre apoiou a filha, no entanto, sabemos que muitas das vezes que Hilda salvou o mundo, acabou se arriscando no caminho e que isso não aconteceria se sua mãe soubesse de tudo. Acho que o que quero dizer é que muitas das omissões foram feias e o roteiro deixa isso bem claro, mas em alguns momentos elas são justificáveis. Ainda assim, no final as duas se resolvem em uma cena linda e é triste porque agora Hilda está com um troll, e o filho do troll, com Johanna. Acredito que isso tenha acontecido por causa do líquido que ambas beberam na caverna (aquela bebida que parecia mel sabe?!). Talvez a ideia do troll seja mostrar para as meninas que a convivência entre esses dois povos é possível e deve acontecer. Acredito que em uma terceira temporada veremos uma Hilda embaixadora dos trolls, defendendo seus costumes e impedindo mais diretamente os ataques de Ahlberg. Até o momento, a terceira temporada de Hilda ainda não foi confirmada pela Netflix, no entanto, é um desenho bem avaliado e que terminou com o final em aberto, então acredito que ainda este ano saberemos mais do que acontecerá com a nossa garotinha aventureira.

3 visualizações0 comentário
  • Facebook
  • Instagram