• Ana Luiza Moreira

Seis motivos para assistir Watchmen, a melhor minissérie de 2019

Fala Freaks! a pauta hoje é indicação, e nesta matéria, vou listar para vocês os principais motivos para assistir Watchmen, minissérie de 2019, produzida por Damon Lindelof, e que nos conta uma história no tempo presente do mundo construído pela HQ de mesmo nome.

Confira os motivos sem spoilers:

História


A minissérie de Watchmen é uma obra prima em roteiro e críticas sociais

A série se passa em Tulsa, Oklahoma, no ano de 2019. Onde um grupo supremacista branco, inspirado pelos escritos e a mascarada deixada por Rorschach, travam uma guerra violenta contra as minorias e a polícia, que estabeleceu reparações para vítimas de injustiça racial. Neste contexto somos apresentados a Angela Abar, que por causa das leis que foram aprovadas e requerem aos policiais não divulgar sua profissão, combate ao crime fantasiada de Sister Night.

Referências mil


Que calor no coração ver tanta referência!

Se você leu os quadrinhos ou até mesmo viu o filme, vai se sentir muito bem-vindo na série de Watchmen.

São muitas referências e homenagens incríveis que nos fazem querer revisitar as páginas da HQ ou até mesmo ter um primeiro contato com elas, e assim, a série cria a tradição de produções dessa obra que tem sido valiosas (menos a HQ dos Minutemen).

A história nua e crua

Comentei sobre o massacre de Tulsa no meu texto sobre Lovecraft Country, mas a obra na qual eu descobri sobre esse grande terror verdadeiro foi em Watchmen.

Apesar da série se passar em um universo paralelo, existe muita história real ali, inclusive, até mesmo as tramas ficcionais apresentam coisas que vemos constantemente em nossa realidade: como o extremismo, um tal de preconceito e o nacionalismo tóxico.

É um tapa na cara após o outro.


A cereja das teorias

Você gosta de conspirar? De pausar as cenas a cada segundo dos episódios para ver pequenos detalhes e tentar descobrir o que raios está acontecendo?

Pois bem, essa série vai te fazer pesquisar em fóruns, em vídeos no YouTube e até mesmo desenvolver mirabolantes teorias sobre a ligação entre os personagens e quais são seus reais objetivos, tá tudo ali, mas não vai ser entregue na sua mão tão fácil (a não ser que maratone é claro).

Selo de qualidade HBO


Nem precisa de patrocínio da emissora, mas se quiser HBO, estamos aqui!

Me desculpe, mas como obras como Euphoria, Objetos Cortantes, Lovecraft Country e Game of Thrones (estamos falando das primeiras temporadas aqui Freaks!), a HBO tem carta branca para lançar o que quiser.

E largando o lado tiete e falando sobre qualidade, isso é algo que a emissora tem e não dispensa em suas produções, assim como as citadas, Watchmen é um deleite em fotografia, trilha sonora, efeitos visuais e roteiro.

Reconhecimento


Angela Abar, interpretada por Regina King, vai te deixar de pé e aplaudindo cada passo dela. A série tem uma protagonista inteligente, habilidosa e que ao mesmo tempo é mãe e equilibra tudo isso de forma bem real, Angela não é uma personagem 2D, com apenas uma característica marcante, ela é real e muito bem construída.

Foi por isso, inclusive, que a atriz foi indicada e venceu ao Emmy 2020 de melhor atriz de minissérie ou filme para TV.

A série ainda foi premiada como melhor minissérie e pelo melhor ator coadjuvante em minissérie, com Yahya Abdul-Manteen II.


Regina King apareceu no Emmy 2020 e eu grite: "ARTISTA!"

Enfim, Watchmen possui nove episódios de 50 minutos cada e foi lançada como uma minissérie, ou seja, sem problemas com cancelamento. E assim, sem dar spoilers, mas o final é primoroso.


Dá uma chance Freak!

O Portal Freaks! é um canal de comunicação feito por jornalistas e colaboradores geeks.

Nosso trabalho é manter fãs e entusiastas de filmes, séries, livros, tecnologia e histórias em quadrinhos informados com notícias e críticas sérias, relevantes e aprofundadas.

CATEGORIAS!

REDES FREAKS!