• Ana Luiza Moreira

Uma História de Amor e Fúria: a animação que você precisa assistir


Uma História de Amor e Fúria
Obra é um romance político necessário

Uma História de Amor e Fúria entra e sai com frequência da Netflix, e eu sempre perco a oportunidade de ver, mas desta vez eu não só coloquei o filme na minha lista, como também o assisti. O longa animado foi lançado em 2013 e conta a história de um indígena guerreiro imortal, que vê 600 anos do passado e do futuro do Brasil enquanto procura a alma perdida de sua amada.

Como o título do filme afirma, essa obra conta a história de amor do nosso protagonista por Janaína, uma mulher intensa, de alma apaixonada e que apesar de sempre estar do lado mais "fraco" dos acontecimentos, vive e morre pela justiça. Mas muito mais que isso, mostra como nosso casal ama a liberdade e não aceita a opressão, esta que sempre esteve presente no nosso país.

Seja na época da invasão ao Brasil, na escravidão, na ditadura ou num futuro distópico, sempre há desigualdade e ela precisa ser combatida, inclusive, é muito interessante ver o lado que não nos é contado nas aulas da escola, um muito sangrento e covarde dos homens de poder, e como diz o nosso protagonista: "Meus heróis nunca viraram estátua, morreram lutando contra os caras que viraram".


Eu amei cada segundo deste filme, mas alerto que apesar de sua classificação indicativa ser para 12 anos, eu recomendo que ele seja visto por pessoas acima de uns 14, pois é muito necessário, só que não é nada leve.


De qualquer forma, tire um dia para ver e refletir sobre Uma História de Amor e Fúria, porque viver sem conhecer passado, é viver no escuro.

3 visualizações0 comentário
  • Facebook
  • Instagram