• Ana Luiza Moreira

Uma Noite na Terra: A HQ para quem está cansado de super-heróis

Fala Freaks! Seguindo a série de indicações de boas HQs para quem quer se iniciar neste mundo fantástico (e sem volta), hoje trago para vocês alguns motivos para ler Uma Noite na Terra.


Confira as razões que vão fazer você se apaixonar pela obra:


Projeto Diferente


Você já imaginou um quadrinho que assim como Sense8 te faz viajar por diferentes cidades do mundo? Conhecendo culturas e os estilos das noites de cada local? Pois bem, este é Uma Noite na Terra, em breve sinopse, o quadrinho é nada mais, nada menos, que uma mini coletânea de cinco histórias ambientadas nas cidades de Hong Kong, San Salvador, Miami, Los Angeles e Sydney.


Histórias

Uma das histórias mais intrigantes de Uma Noite na Terra

Com colorações e desenhos diferentes para cada cidade, além de reflexões e críticas muito distintas, a HQ te faz querer saber mais sobre as histórias apresentadas e ir criando em sua mente o que aconteceu para que cada uma das narrativas chegassem no ponto em que tudo foi mostrado. Elas mereciam um quadrinho cada uma? Com certeza, mas a magia está em você completar a história.


Desenvolvimento

A história mais doida de Uma Noite na Terra

A proposta é muito bem executada pelo escritor Giulie Speziani, um roteirista primoroso e independente (temos que valorizar trabalhos assim!), além disso, para representar a diferença entre as histórias, cada uma tem um tipo de fonte própria, uma forma de narrativa distinta e até mudanças nos desenhos dos balões. É tudo muito cuidadoso e feito por quadrinistas homens, mulheres e não binários.


Reflexões

No quadrinho não existem super humanos, nem viagem no tempo e muito menos vilões, é apenas a realidade, nua e crua.


As histórias são comoventes, engraçadas, críticas e até mesmo chocantes.


Tamanho

Uma história com apenas 22 páginas, mas que ficará na sua cabeça por muito

mais tempo do que isso. Acho que não preciso dizer mais nada!