• Ana Luiza Moreira

Wolfwalkers é uma aventura doce, sensível e muito bem feita (Com SPOILERS)


Wolfwalkers
Os lobos são lindos, já os humanos nem tanto....

Concorrendo ao Oscar de melhor animação, assisti Wolfwalkers, um desenho da Apple TV+ que conta a história de Robyn, uma jovem caçadora que vai para a Irlanda com seu pai, objetivando acabar com o último bando de lobos, animais que são vistos como demoníacos, verdadeiras encarnações do mal. Mas como uma boa narrativa faz, logo, os caçadores tem uma outra perspectiva da alcateia.


Com um visual que lembra desenhos antigos, até mesmo livretos de contos de fadas, a estética do filme me conquistou já no início, mostrando toda uma atmosfera mística, aventureira e fantástica, que nos instiga a conhecer mais sobre as Wolfwalkers, seus poderes e cultura.


Além de um deleite para os olhos, também me encantei pela história, que se mostra original e não subestima nossa inteligência, inclusive, me pegou de surpresa algumas vezes. Robyn e Mebh são uma dupla interessante, as duas são garotas de atitude, nervosas, extremamente aventureiras, e apesar de terem um começo complicado, desenvolvem um relacionamento muito bonito.


Sobre a transformação de Robyn em loba, achei que aconteceria, depois pensei que não e quando aconteceu de fato foi simplesmente maravilhoso. Ao meu ver é a melhor parte do filme, vê-la aprendendo a ser uma loba, correndo, cheirando os animais e uivando ao som de Running With de Wolfs versão acústica é mágico, isso é que é cinema e esse filme merece o Oscar para ontem!



Não quero entregar muito da magia da obra, então gostaria de dizer que é uma das melhores animações que eu já assisti, tem uma fotografia linda, trilha sonora fantástica e que definitivamente vou assistir ao filme mais algumas vezes. Recomendo muito que vejam Freaks.


PS: Vejam legendado, que sotaque bom de ouvir!

PS 2: O final do filme é lindo demais.

3 visualizações0 comentário
  • Facebook
  • Instagram